Farmácia - Profissão Farmacêutico

Em 1565, já dizia Padre José de Anchieta, “Nossa casa é botica de todos, poucos momentos está quieta a campainha da portaria”. Acho que essa frase diz muito sobre farmácia, você não acha?


A pandemia, ensino remoto emergencial e distanciamento, se transformaram em elementos novos na agitada e preocupante vida dos estudantes do ensino médio. Além das preocupações cotidianas, os estudantes se veem agora preocupados com a saúde de seus familiares e amigos... Como lidar com a angústia de finalizar o ensino médio e pensar nos próximos passos? E a tal da profissão? Da carreira? O que fazer? Today’s Talk é para isso... apresentar cursos e profissões e aliviar as tensões enfrentadas nesse período. E aí? Vamos juntos?

Fonte: Google Imagens

Para cego ver: A imagem, mostra garrafas antigas de boticários, com etiquetas em inglês identificando os componentes dos frascos. Alguns são transparentes e outros fumê.


A arte do boticário


Você sabe o que é preciso para ser farmacêutico?


Quando você pensa em Farmácia, qual a primeira coisa que vem à mente? Se foi um balcão com prateleiras repletas de remédios atrás, tenho que te dizer que você não tem nem ideia do que essa área é. Se você deseja ser farmacêutico e acha que a vida é só escutar, “Tem dipirona?”, “senta”, que lá vem história.


Primeiro vejamos, os primeiros remédios surgiram como? Quem os fez? Quando? Como? Por quê? São essas perguntas que fazem de todos nós ávidos pela pesquisa (p.s: vêm com a gente). Na antiguidade, lá na época dos alquimistas, na busca pelo ouro e pelo elixir da vida, tivemos as primeiras manipulações farmacêuticas, os óleos e as resinas.


Os farmacêuticos foram conhecidos por muito tempo como boticários, mas ué, então a rede de cosmético O Boticário é farmacêutica? É sim! As boticas eram as lojas onde os boticários faziam as manipulações de ervas, dos balsámos, das águas de cheiro, de purgativos e vários outros compostos.


Para quem gosta de pesquisa, de cosméticos como, maquiagens, perfumes, gosta de saber quais os efeitos das drogas nos organismos humanos e animais, e se preocupa com a saúde das pessoas, a área da farmácia é para você!


A área é tão extensa, que este texto sozinho não dá conta, a página Guia do Estudante tece todas as possíveis frentes para se seguir. Algumas delas são, alimentos, atenção farmacêutica, indústria, área toxicológica e acadêmica.


Há quem ouse dizer que a área da Farmácia é ruim? Pois saiba você que de acordo com a Interfarma o mercado farmacêutico brasileiro é o oitavo maior do mundo, com risco de atingir o quinto lugar ainda esse ano!


Para ser um farmacêutico é preciso se formar bacharel em um curso de Farmácia – Bioquímica. A duração média do curso é de 5 anos. Algumas das universidades públicas que ofertam Farmácia são, UNIFESP, USP, Unicamp, UFMG e Unesp. Há também a possibilidade de se formar através das instituições particulares, com mensalidade a partir de R$ 500,00 podendo ultrapassar a faixa de R$ 1.500,00.


Mas e aí, existe uma região mais privilegiada para farmácia? Sim. As regiões Sudeste e Sul do país são as que mais crescem na área farmacêutica, as outras regiões seguem se consolidando.


Para os curiosos, o salário-mínimo para de profissional farmacêutico é de R$ 3,168,91, de acordo com o Caged, contudo, o maior salário-mínimo para a carreira, encontra-se no Distrito Federal, com R$ 4.619,28 verdinhas.


Se o desejo de seguir na área se aflorar mais depois dessa redação, fica aqui algumas sugestões de leitura:


https://www.cff.org.br/50anos/?pg=aspectoshistoricos

https://www.hipolabor.com.br/blog/4-carreiras-promissoras-na-area-farmaceutica/

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo