A Comunidade Movimentos Docentes disponibiliza curadoria de recursos para a formação continuada de professores: artigos; livros; filmes; aplicativos; infográficos; eventos; e sites educacionais.
A coordenação está sob a responsabilidade da profa. Dra. Marilena Rosalen: ex-professora de Química no E.M. e desenvolvedora de projetos de extensão em rede municipal de educação infantil, no passado; formadora de professores há 32 anos; professora do Programa de Pós-Graduação Ensino de Ciências e Matemática da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP.

E equipe composta por:
Everton Viesba-Garcia: especialista em Educação Ambiental e Sustentabilidade; pós-graduado em Tecnologias e Formação em EaD; mestrando em Ensino de Ciências; prof. na E.E. Vila Socialista - Diadema/SP;
Letícia Moreira Viesba: profa. na E.E. Augusto de Oliveira Jordão - Diadema/SP e mestra em Gestão de Resíduos Sólidos e Geoprocessamento de Dados;
Thiago Rozineli: coordenador educacional do Senac São Paulo nas unidades de Santos e Bertioga; mestre em Educação; ex professor, coordenador e orientador educacional em escolas de E.B.; 
Giovanna Tonzar: graduanda de Ciências - licenciatura; bolsista do Programa Escolas Sustentáveis e participante do Observatório Educação e Sustentabilidade - UNIFESP, campus Diadema.
A Comunidade tem o apoio da empresa Viesba & Viesba Consultoria e Projetos e da Editora V&V. 

 

Mas o que é uma Comunidade de Prática?

 

De acordo com Imbernón, Shigunov Neto e Silva (2020), as comunidades de prática são comunidades, presenciais ou virtuais, que proporcionam a criação, o gerenciamento e o compartilhamento de conhecimentos. Uma comunidade de prática não é considerada científica, pois se baseia na comunicação sobre práticas do cotidiano. Desde a década de 1990, a formação continuada de professores tem sido vista como um processo complexo e gradativamente foi entendida que pode ocorrer, também, em uma comunidade de prática. Em termos de formação continuada de professores, uma comunidade de prática funciona como um grupo que possibilita a aprendizagem, a troca e a reflexão entre os professores, tendo como matéria prima suas práticas, seus cotidianos escolares e a realidade educacional do país.  

 

Referência:

IMBERNÓN, F, SHIGUNOV NETO, A., SILVA, A. C. Reflexões sobre o conhecimento na formação de professores em comunidade de prática. Revista Ibero-americana de Educação, vol. 82, n. 1, 2020, p. 161-172. 

Acompanhe nossas redes e faça parte

da nossa Comunidade Movimentos Docentes

image.png
1200px-Instagram-Icon.png
youtube-logo.png

Parceiros:

Selo_transp.png
WhatsApp Image 2020-07-28 at 10.05.png

© 2010 por Movimentos Docentes. Desenvolvido por Viesba & Viesba Consultoria e Projetos